Quando foi inaugurada, em 1864, a National Gallery da Irlanda era um dos mais modernos museus do mundo. Ela possuía um sofisticado sistema de iluminação a gás que permitia que o prédio ficasse aberto até tarde da noite.

Com mais de 150 anos, o museu está passando por uma ampla reforma e apenas algumas alas estão abertas à visitação. Mesmo assim a visita é mais do que obrigatória para quem gosta de arte e quer aprender mais sobre a riquíssima história da Irlanda.

Além disso, o museu tem um ótimo café e uma lojinha de souvenirs bem bacana!

J.M.W Tuner

No ano de 1900, a National Gallery da Irlanda recebeu uma doação de 31 aquerelas pintadas pelo artista inglês Joseph Mallord William Turner (J.M.W. Tuner).

Turner nasceu em Londres, em 1775, e foi um pintor romântico que retratou paisagens de diversos locais da Europa, como Inglaterra, França, Suíça e  Alemanha e cujo o estilo estético conduziu ao estabelecimento do impressionismo.

National Gallery Dublin Irlanda

Quem ofereceu tão precioso presente à galeria foi um colecionador chamado Henry Vaughan. Vaughan, que como Tuner também era inglês, não tinha nenhuma conexão com a Irlanda mas decidiu presentear a National Gallery com parte de sua coleção pessoal.

Vaughan, no entanto, colocou uma importante condição ao fazer a doação. As obras deveriam ser exibidas ao público gratuitamente todo mês de Janeiro, quando a luz do dia é baixa, dura poucas horas, e por isso é menos prejudicial às aquarelas.

National Gallery Dublin Irlanda

Este ano, junto às aquarelas a galeria está exibindo algumas das gravuras de Turner pertencentes ao livro “Liber Studiorum”, impresso por ele mesmo. Este livro foi uma importante forma de divulgação do trabalho de Turner e tornou sua arte acessível a uma grande audiência.

As aquarelas e gravuras de Turner ficam em exibição até o dia 31 de Janeiro e voltam à galeria todo mês de janeiro.

Outras exibições 

Do dia 11 de fevereiro ao dia 14 maio, a National Gallery exibirá uma exposição de Caravaggio um dos maiores pintores italianos, que exerceu importante influência no estilo barroco e do qual foi o primeiro grande representante.

Todas as exibições da National Gallery são gratuitas e a programação completa do museu pode ser conferida no site do museu: nationalgallery.ie/whatson

 

Deixe uma resposta