Follow my blog with Bloglovin

Em junho de 2017 fiz minha primeira viagem a Viena, capital da Áustria, junto com meu marido.

Tiramos duas semanas de férias e fomos conhecer 3 cidades que há muito estavam na lista de desejos: Praga, Viena e Budapeste!

A viagem a Viena foi incrível! Eu não tinha ideia de como essa cidade é linda, imponente e surpreendente!

Viena não é só a capital da Áustria como também principal pólo cultural e social do país. A cidade é cortada pelo rio Danúbio e já foi sede de um dos impérios mais poderosos que o mundo já viu, o Império Áustro-Hungaro.

Para quem está planejando visitar Viena, recomendo adquirir o Vienna City Card (Wien Karte) que dá desconto no transporte público (ônibus e U-Bahn) e em quase todas as atrações turísticas.

Este foram os pontos turísticos que eu visitei durante a minha viagem a Viena:

Palácio Imperial (Hofburg)

Esse palácio é um dos prédios mais deslumbrantes de Viena. Ele serviu de residência para vários imperadores austríacos desde sua construção no século XIII. Sendo continuamente ampliado até o início do século XX, hoje ele possui 2.600 aposentos, entre quartos, salas e escritórios. Dizem que nunca um monarca ocupou o mesmo aposento que o seu predecessor. Impressionante!

viagem a Viena
Foto: Nana Marques – Sabaticando em Dublin

Catedral de Santo Estêvão (Stephadom)

Essa majestosa catedral fica localizada no coração de Viena e é um dos símbolos da capital austríaca. Ela foi construída em 1137 e remodelada em 1304 quando ganhou a sua aparência atual.

Em estilo gótico, a primeira coisa que chama a atenção nessa catedral é o seu telhado de azulejos coloridos e a enorme águia Austríaca.

Se estiver em forma suba os 343 degraus da torre sul da catedral, que possui 136 metros de altura, e aprecie uma das vistas mais espectaculares de Viena. Se você não tiver perdido o fôlego na subida, com certeza irá perdê-lo ao ver Viena do alto!

Catedral de São Estevão
Foto: Domeckopol – Pixabay

Palácio Belvedere (Schloss Belvedere)

O Belvedere é uma das atrações turísticas imperdíveis de Viena. Construído entre 1700 e 1725, esse palácio é formado for 2 edifícios, Alto e Baixo Belverede que reúnem uma das coleções de obras de arte mais importantes da Europa, incluindo o quadro “O Beijo” (The Kiss) do artista austríaco Gustav Klimt.

O Belvedere foi construído para servir de residência de verão para o príncipe Eugene de Savoy, conquistador da Turquia. Devido ao seu deslumbrante jardim em 3 níveis que separa o Alto do Baixo Belvedere, e também à sua linda arquitetura barroca, o Belvedere é chamado de “O Versailles da Áustria”.

Foto: Nana Marques – Sabaticando em Dublin

O Beijo Gustav Klimt

Biblioteca Nacional (Nationalbibliothek)

Eu já havia visto fotos dessa biblioteca em outros blogs antes da minha viagem a Viena e esse era um dos lugares que eu fiz questão de conhecer quando estive lá.

Considerada uma das bibliotecas mais lindas do mundo (junto com a biblioteca da Trinity College Dublin), essa biblioteca é um exemplo da belíssima arquitetura barroca do século XVIII.

Além dos 15 mil livros, a Biblioteca Nacional guarda uma linda coleção de globos antigos. Realmente encantadora!

Biblioteca-Nacional-Viena
Foto: Nana Marques – Sabaticando em Dublin

Globo-Biblioteca-Nacional-Viena

Museu Albertina

Originalmente o Albertina era usado como residência imperial para convidados dos monarcas Habsburgos. Hoje, é um dos museus de arte mais importantes da Europa e também do mundo.

O Albertina possui uma coleção de mais de 100 quadros de artistas como Pablo Picasso, Claude Monet entre outros, além de gravuras, aquarelas e outras obras. O Museus também é famoso pelas suas exibições temporárias, de artistas como Miró e Andy Warhol, que sempre são sucesso de público.

Albertina-Viena
Foto: © Harald Eisenberger – http://creativecommons.org/licenses/by/3.0

Igreja de São Carlos Barromeo (Karlskirche)

A igreja de São Carlos Barromeo fica na região da Karlzplatz (Charles Square ou Praça Carlos). Ela foi construída entre 1716 e 1739 e é um ponto de referência e um dos espaços públicos preferidos dos moradores de Viena.

Locais e turistas se reúnem no final do dia para tomar uma cerveja com os amigos ao ar livre, sentados nos bancos ou na borda do espelho d’água em frente a essa deslumbrante igreja.

Foto: Nana Marques – Sabaticando em Dublin

Casa Hundertwasser (Hundertwasser Haus)

Esse é um conjunto habitacional de 53 apartamentos, escritórios e lojas, projetado pelo arquiteto e artista plástico vienense Friedensreich Hundertwasser em parceria com o arquiteto Joseph Krawina.

O edifício possui pisos ondulantes/irregulares, telhado coberto de grama e plantas, e grandes árvores que crescem dentro dos quartos, com membros que se estendem das janelas. Hundertwasser não recebeu nada pelo projeto, declarando que valia a pena, para evitar que algo feio fosse construído no lugar.

A Casa Hundertwasser é um dos edifícios mais visitados de Viena e se tornou parte da herança cultural da Áustria.

Viena é tão sensacional e tem tanta coisa legal para ver que esse post acabou ficando enorme eu tive que dividí-lo em dois!

Se você gostou de texto, fique ligado que semana que vem saí o Minha Primeira Viagem a Viena – Parte 2 com mais lugares incrível para você conhecer!

Assista o meu vlog em Viena:

Até semana que vem!

Deixe uma resposta