Berlim é a cidade que todas as outras cidades do mundo gostariam de ser!

Berlim é uma cidade rica, moderna, segura, cheia de personalidade e história para contar. Viveu muito, sofreu muito, fez outros sofrerem, mas aprendeu com os erros e triunfou.

Sua riqueza histórica e cultural, a forma como a população alemã se comporta diante de seu passado reprovável, a atmosfera vibrante, fazem da capital alemã um lugar extremamente especial e uma das minhas cidades favoritas!

Portão de Berlim Alemanha

Após o fim da Segunda Guerra Mundial, Berlim ficou dividida em quatro áreas: norte-americana, francesa, e britânica (ocidental) e soviética (oriental). O famoso muro de Berlim (Beliner Mauer) separava a área ocidental da oriental. Quem estava de um lado do muro não podia passar para o outro lado.

O muro foi praticamente todo demolido em 1989, mas alguns pedaços dele foram preservados e podem ser vistos em diferentes regiões da cidade.

Além do muro, o portão de Brandenburgo (primeira foto desse post) é também um símbolo da cidade. O portão foi construído entre 1788 e 1791 e é o único que sobrou entre os 14 portões que existiam na cidade.

Reichstag – sede do parlamento alemão

O terraço e a cúpula do edifício do Reichstag podem ser visitados e oferecem uma bela vista do portão de Brandenburgo e do parque Tiergarten.

A entrada é gratuita, mas é recomendável fazer um agendamento no site do parlamento com antecedência para garantir a sua visita, já que há um número limitado de vagas por dia.

Catedral de Berlim (Berliner Dom)

Com uma arquitetura renascentista incrível, a catedral, construída entre 1894 e 1905, foi considerada a maior igreja protestante (luterana) do século XIX.

Para visitá-la é preciso pagar um ingresso que também permite subir até a cúpula – 270 degraus – e apreciar uma bela vista da cidade.

East Side Gallery

East Side Gallery é um pedaço de 1,3 quilômetros do que sobrou do Muro de Berlim transformado em uma galeria de arte ao ar livre. As 101 imagens começaram a ser pintadas em 1989 por artistas locais e internacionais de várias partes do mundo

As pinturas ficam do lado oriental (leste) do muro, ao longo do rio Spree e a galeria é considerada a galeria de arte a céu aberto de maior duração no mundo.

Mais de 3 milhões de turistas visitam a East Side Gallery todos os anos.

East Side Gallery em Berlim Alemanha

East Side Gallery em Berlim Alemanha

Torre de televisão (Fernsehturm)

O Fernsehturm é uma torre de televisão no centro de Berlim. Perto de Alexanderplatz em Berlim-Mitte, a torre foi construída entre 1965 e 1969. A torre, com seus 368 metros de altura (incluindo a antena), pode ser vista de vários pontos da cidade. Mas o mais legal é que você pode subir nela.

A esfera é uma plataforma panorâmica e está a uma altura de cerca de 203 metros acima do solo e a visibilidade pode chegar a 42 quilômetros num dia claro. Lá me cima há um bar e um restaurante giratório que gira a cada 30 minutos.

Berlim Alemanha

Topografia do Terror e Memorial aos Judeus 

A maioria dos alemães se envergonha do que aconteceu no passado mas não querem esquecê-lo para que ele não se repita. Por isso, a história da Segunda Guerra Mundial e do Nazismo está retratada em vários pontos de Berlim.

A Topografia do Terror e o Memorial aos Judeus são dois exemplos de como os alemães tentam manter viva a memória do nazismo de forma a educar tanto os berlinenses mais jovens quanto os turistas que visitam a cidade.

Topografia do Terror é uma exibição a céu aberto no local onde ficava o escritório central da Gestapo e da SS e onde os macabros planos de guerra e do genocídio de judeus e outras minorias foram articulados. Há muitas fotos, documentos, recortes de jornais que retratam esse período histórico da Alemanha e também um parte preservada do muro de Berlim (fotos abaixo).

Já o Memorial aos Judeus Mortos na Europa é um impressionante e comovente monumento formado por 2.711 blocos com alturas variadas que simbolizam os 6 milhões de judeus mortos pelo governo nazista da Alemanha.

Todas as fotos deste post foram tiradas por Nana Marques (todos os direitos reservados). Copyright Nana Marques.

Deixe uma resposta