Barcelona é uma das poucas cidades europeias que reúne tanto beleza natural, quanto riqueza cultural, qualidade gastronômica e beleza arquitetônica.

Muitos turistas visitam Barcelona especialmente para ver de perto as obras-primas de Antoni Gaudí. Para quem não o conhece, Gaudí foi um famoso arquiteto modernista com um estilo excêntrico e extravagante.

Gaudí construiu uma Barcelona policromática, lúdica, coberta por mosaicos feitos de pedaços irregulares de cerâmica coloridas.

Para mim, Barcelona é uma das cidades mais espetaculares da Europa, graças as fantásticas construções de Gaudí!

Principais obras de Gaudí

Igreja Sagrada Família 

A igreja Sagrada Família, também conhecida como Templo Expiatório da Sagrada Família é a obra arquitetônica mais importante de Gaudí. Ela é também a atração turística mais famosa de Barcelona.

A igreja ocupa um quarteirão inteiro do bairro de Eixample e possui dimensões extraordinárias. As torres, por exemplo, possuem mais de 100 metros de altura.

A Sagrada Família começou a ser construída em 1882, quando Gaudí tinha 31 anos de idade. O arquiteto dedicou 40 anos de sua vida a essa igreja que é considera sua grande obra-prima. As obras continuam até hoje e devem terminar por volta de 2025.

No dia em que visitamos a Sagrada Família, a fila estava tão enorme que decidimos não entrar. Me arrependo muito, pois a igreja, apesar de ainda não estar terminada, é absolutamente linda por dentro também.

Se você quiser evitar perder horas na fila, acorde cedo e vá direto para lá ou compre tickets online.

Parc Güell 

O Parc Güell é mais uma obra inacabada de Gaudí. O parque começou a ser construído em 1900, encomendado pelo empreendedor espanhol Eusebi Güell que queria construir um elegante empreendimento habitacional para a aristocracia espanhola, mas apenas duas casas foram concluídas.

O parque possui 20 hectares e reúne edifícios construídos pelo arquiteto catalão, além de um bosque de colunas, um mirante de onde se tem uma vista privilegiada de Barcelona tudo cercado por belíssimos jardins.

Assim como a Sagrada Familia, o parque fica bem cheio, bem cheio mesmo! Especialmente no período da tarde quando hordas de turistas de todas as partes do mundo inundam o parque.

É praticamente impossível tirar uma foto com o lagarto de cerâmica colorido, que é a atração principal do parque, sem ter um monte de estranhos na sua imagem.

La Pedrera

Também chamada de Casa Milà, La Pedrera é um prédio residencial e museu que possui uma fachada singular, esculpida em forma de ondas, e um terraço que parece um verdadeiro bosque de esculturas. As trinta chaminés que compõem esse terraço escondem escadas e caixas d’água que abastecem o edifício.

Do alto do terraço se tem uma bela vista da cidade de Barcelona. De lá de cima é possível observar vários pontos turísticos, incluindo a Sagrada Família.

O passeio pela Pedrera incluí também o museu Espaço Gaudí e a visita a um dos apartamentos que mantém a sua decoração original dos anos 1900.

Esse prédio incrível e imperdível fica no número 92 do Passeig de Gràcia, uma das principais ruas de Barcelona.

Barcelona de Gaudi

Casa Batlló

Também localizada no Passeig de Gràcia, número 43, a Casa Batlló não foi construída por Gaudí mas reformada por ele, em 1906. A reforma deu origem ao magnífico edifício atual.

Gaudí acrescentou 2 andares ao prédio original, reconstruiu o andar principal e remodelou o terraço.

Casa-Batllo

A fachada desse prédio é extremamente exuberante e usa elementos que se assemelham a ossos. Na decoração do interior predominam as cerâmicas em tons degradê, do azul ao branco, e o telhado imita as escamas de um dragão.

Gaudí não mediu esforçados em cada detalhe e o resultado é um deleite para os fãs da arquitetura modernista.

E se você estiver com dinheiro sobrando para esbanjar poderá alugar um dos diversos salões desse prédio espetacular que estão à disposição para serem locados para reuniões, festas privadas ou qualquer outra ocasião especial.

Se você gostou dessas dicas sobre Barcelona de Gaudí, compartilhe nas suas redes sociais para que outras pessoas que também querem conhecer Barcelona possam conhecer.

Abraços e até o próximo post.

Deixe uma resposta