São Paulo, para mim, é a melhor cidade do mundo todo! Melhor que qualquer cidade que eu já visitei: Nova Iorque, Barcelona, Berlim, Amsterdam, Paris, Londres e até Dublin!

É, para mim, a melhor a cidade do planeta, pois é a cidade onde eu nasci e vivi até os meus 27 anos. É onde mora a minha família e meus amigos de infância e por isso nenhum outro lugar vai ocupar o posto de número 1 no meu coração!

Como cidade turística São Paulo ainda pode melhorar muito, especialmente em questões como segurança e transporte público para facilitar o deslocamento de turístas. Mas não há como negar que a capital financeira do Brasil e da América Latina tem muitos atrativos gastronômicos, culturais e de lazer para todo tipo de visitante.

São Paulo é fantástica! É a cidade da garoa, a cidade que não dorme e a cidade que “Não é conduzida, conduz”!

Veja as fotos a seguir e se apaixone por São Paulo você também!

Pátio do Colégio (Pateo do Collegio)

Local onde, em 1554, foi levantada a primeira construção da cidade que marca a fundação de São Paulo. A edificação foi feita por padres jesuítas para servir de colégio para a catequização dos indígenas que habitavam a região.

O prédio atual é uma reconstrução realizada na segunda metade do século XX. Hoje abriga o Museu Anchieta, o Museu de Arte Sacra, a Biblioteca Padre Antonio Vieira e o Café do Pateo, todos abertos à visitação pública.

patio-do-colegio

patio-do-colegio2

Centro antigo

O centro antigo de São Paulo, que compreende os bairros da Sé e República, concentra as construções mais antigas da cidade. Algumas como o Pátio do Colégio datam da época da fundação da capital paulista.

É nessa região que se encontram o belíssimo campus da Faculdade de Direito do Largo São Francisco, o Mosteiro de São Bento, o Viaduto de Chá e Santa Efigênica e o Vale do Anhangabaú. Outros prédios históricos que merecem visita são: a Sede da Prefeitura, o Theatro Municipal, a estação de trem da Luz, a Pinacoteca do Estado e os edifícios Altino Arantes (antiga sede do Banco Banespa), Itália e Copan.

Até os anos 1970  o centro antigo era onde estavam localizadas as sedes das empresas nacionais e multinacionais mais importantes do Brasil. Com a transferência de muitas empresas para outros locais da cidade o centro se tornou decadente.

No início da décade de 1990 começaram a surgir sinais de um lento processo de revitalização e hoje o centro reúne ótimas opções de lazer como centros culturais e galerias de arte.

Centro-antigo-de-São-Paulo

Theatro Municipal de São Paulo
Theatro Municipal de São Paulo
Edifício Copan
Edifício Copan, construído pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

Catedral Metropolitana de São Paulo (Catedral da Sé)

Inaugurada em 1954, em comemoração ao quarto centenário da cidade de São Paulo, a Catedral Metropolitana é a maior igreja da capital paulista, com 111 metros de comprimento, 46 metros de largura, duas torres com 92 metros de altura e uma enorme cúpula. Ela tem capacidade para abrigar 8 mil pessoas.

A catedral em estilo neogótico, com exceção de sua cúpula que segue o estilo renascentista, começou a ser construída em 1913 e só terminou quatro décadas mais tarde.

Por estar localizada na praça da Sé, no centro de São Paulo, a igreja também é conhecida como Catredal da Sé.

catedral-da-Sé

img_5036

Arte urbana

A cena de arte urbana de São Paulo é riquíssima. O grafiti surgiu na cidada por volta de 1980 e, na última década, a metrópole tem se tornado ainda mais colorida. Por qualquer região que você ande irá se deparar com intervenções urbanas dos mais diversos estilos.

São Paulo também é a cidade que deu origem ao primeiro Museu Aberto de Arte Urbana do mundo. O museu reúne um conjunto de 66 painéis de grafite instalados nos pilares que sustentam o trecho elevado da Linha 1-Azul do Metrô, localizados no canteiro central da Avenida Cruzeiro do Sul, na Zona Norte de São Paulo. Esta região da cidade é considerada como berço do grafite paulistano.

Apesar de serem obras de arte intermitentes, pois só podem ser admiradas por um período limitado devido à ação do tempo, do clima e da poluição, elas encantam e supreendem moradores e visitantes da maior cidade do Brasil. 

grafiti-na-paulista

grafiti-na-luz

Mirante do edifício Altino Arantes (antiga sede do Banco Banespa)

Também conhecido como Banespão, o edifío Altino Arantes é o terceiro prédio mais alto de São Paulo com 161,22 metros de altura. O prédio, que foi construído entre 1939 e 1947, teve seu projeto arquitetônico adaptado para que ficasse semelhante ao Empire State Building, em Nova Iorque.

Do alto do mirante do edifício é possível ter um raio de visão de 360º e 40 quilômetro de extensão e uma das vistas mais bonitas da cidade.

O mirante porém está fechado para visitação desde 2015. 🙁 Mas existem outros mirantes na cidade que podem ser visitados como o do Terraço Itália e o do edifício Martinelli.

sao-paulo-do-alto2
São Paulo do alto do edifício Altino Arantes. Foto: Nana Marques

img_6286

Todas as fotos deste post foram tiradas por Nana Marques (todos os direitos reservados). Copyright Nana Marques.

 

 

São Paulo Brasil

One Comment

  1. Marco Sevaroli

    Muito Legal, adorei a matéria ou melhor o blog inteiro, tenho certeza que vai ajudar muitas pessoas..

Deixe uma resposta